Símbolos dos Arquétipos

 



Os arquétipos são o projeto do nosso universo antes que este exista. 

São energias vivas, conscientes, que se expressam no nosso mundo. 

Pelo efeito, pode ser conhecer a causa. 

Os arquétipos podem ser formas, sons, gestos, símbolos, figuras, comportamentos, atitudes, situações, odores, toques, personalidades, etc… 

São símbolos que determinam o que sentimos quando os vemos, ouvimos ou percebemos, não importa se de forma consciente ou inconsciente.”





Cada indivíduo tem as suas vivências e, a partir delas, forma imagens na sua mente, ou seja, percepções sobre o que vê.Os arquétipos junguianos são padrões universais de comportamento, símbolos e imagens que residem no inconsciente coletivo da humanidade.


Como devo ATIVAR um arquétipo ?



Então, é interessante esta pergunta, pois arquétipos são energias (energia nada mais é do que informação), que se expressam através de imagens. Se você é mais inseguro, medroso, você pode se conectar com arquétipos que te ajudam a ter mais segurança, por exemplo. 


Você pode usar estes símbolos na decoração da sua casa, por exemplo, comprando imagens, estátuas, imprimindo uma imagem, a da água, por exemplo, e até meditar na sua forma, você pode usar mais de um, porém, demora um pouquinho até você sentir a manifestação desta energia. 


As músicas, filmes, contos servem para você identificar estes arquétipos. 


A dica é, você deve vivenciar este arquétipo, no dia a dia.





Outros arquétipos 

A seguir, alguns exemplos de outros arquétipos:


• Borboleta: um dos mais poderosos, ele pode gerar mudanças significativas em sua vida. Exemplo de transformação, através dos seus ciclos, sendo que o ultimo gera independência e liberdade, pode significar liberdade mental (de relações abusivas, empregos ruins) e trazer renovação, algo melhor.



• Águia: traz a energia do poder, do foco, é um arquétipo muito usado por empresários, empreendedores, pessoas que estão em posição de liderança e pessoas que querem ter seu próprio negócio.









• Coruja: ave de hábitos noturnos, seu segredo não é a força física, mas o ato de observar e em seguida agir. Suas habilidades nos ensinam que como todo bom caçador, é importante fazer uso de nossas capacidades para enxergar com clareza as mais diversas possibilidades de ação que existem ao nosso redor.















Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Invocações dos sete Arcanjos da Riqueza